Schoenberg e o atonalismo

O leitor, por certo, se é sensível e inteligente, já se encontrou nessa desconcertante situação frente a uma obra de arte. Há inequívoca percepção da grandeza da obra, mas falta compreensão. E [...]

0 Continuar Lendo

Strauss e a idolatria do altaneiro

“A obra de arte é independente de seu autor”, afirma uma corrente. “Convicções políticas, posturas sociais, ações individuais do artista, não interferem em sua obra. Nem tão pouco nela [...]

0 Continuar Lendo

Paz e morte para Richard Strauss

Um dos paradoxos da humanidade é que quanto maior a autoestima e o amor pela vida de um indivíduo, mais fácil é a conciliação com a morte e menos trágica a sua partida. Não houve, por certo, [...]

0 Continuar Lendo

A vida de um herói

O que você diria de alguém que intitulasse sua autobiografia A Vida de um Herói? A carreira de Richard Strauss distingue-se das de outros compositores contemporâneos e passados pela abundância de [...]

0 Continuar Lendo

O brilho único da arte de Fauré

Por Rogério Cerqueira Leite Meu amigo e antigo professor de xadrez se consagra a uma única devoção: Bach. Para ele nada existe senão Bach. Imaginemos apenas se o criador tivesse omitido todos os [...]

0 Continuar Lendo