Em Açoite, Destaques

Milagres e Conversões

A Folha comeu barriga! Perdeu um furo jornalístico. Simplesmente não percebeu que estava à frente de um autêntico milagre: a ressureição de José Aníbal (Pg. 3 de 21/11/2013); que se tornou de admirador de Goulart e de adorador de Fernando Henrique, em adorador de Serra. E havia parado por aí, pois nem Cristo seria capaz de convertê-lo, ele ou qualquer outro em adorador de Alckmin. Do jeito que vai, garanto que na próxima conversão vai virar adorador de Aécio, se já não o é.

Milagre impossível

O pit bull No. 3 da Folha (Pg. A6, de 21/11/2013), concede o dinheiro de Genoíno a um hospital, mas reza por um milagre impossível, mudar a História. Genoíno é, e sempre será, um mito para o cidadão brasileiro com caráter. Só não o é para os lacaios da repressão militar de 64.

 

Crédito de imagem: blogdofavre.ig.com.br , www.otempo.com.br/

Facebooktwittergoogle_plus