Em Açoite, Destaques

Disse o reverendo pastor (com p minúsculo, o que pasta): “O caso do continente Africano é sui generis, quase todas as seitas satânicas, de vodu, são oriundas de lá. Essas doenças, como a Aids, são todas provenientes da África”. Ora, haveria cena mais degradante que uma sessão de “estrebuchamento” de uma dessas seitas pentecostais? Alguém já viu algo mais obsceno do que um desses pastores apoucados descrever sua intimidade com Cristo. Enquanto isso uma cerimônia de candomblé é pelo menos um espetáculo musical e visual.

É também notável a ignorância do racista que lembra que a Aids teria vindo da África, mas se esquece que o homo sapiens, a humanidade, também foi de lá que veio. Ou será que acredita em Adão e Eva?

CandomblŽC: Cynthia Britto/ PulsarLic/00 fasc31 pag 11 Hist—ria

Facebooktwittergoogle_plus