Em Açoite, Destaques

logo spv

O Advogado Geral da União peticionou para que o relator do processo de rejeição das contas da Presidência fosse removido, pois havia ele manifestado inúmeras vezes sua convicção de que havia anomalias e mesmo fraudes nas contas. A petição se baseava na lei e no senso comum de que o relator não deveria revelar seu voto antes da votação oficial. Pois bem, o relator foi confirmado unanimemente pelos seus pares com o argumento de que opinião não revela o voto.

Ora, se opinião não revela o voto de um juiz, isto quer dizer que ele podia votar contra a própria convicção. Ou seja, todos os juízes do Tribunal de Contas da União estariam apoiando a hipocrisia, senão o voto aliciado, para não dizer comprado. Com um tribunal como este quem precisa de justiça?


Crédito na imagem.

 

Facebooktwittergoogle_plus