Em Destaques, Vida Nacional

Nesta entrevista que trata da natureza da atual crise brasileira, o prof. Wilson Barbosa, salienta seu caráter cíclico e objetivo relacionado com a perda de competitividade da economia brasileira face aos concorrentes globais diante da falta de inovação tecnológica que caracteriza o nosso processo produtivo e de serviços.

Observa ademais que além das crises cíclicas endógenas que em períodos aproximadamente decenais se manifestam através da forte oscilação para baixo do Produto, o país também sofre o impacto da crise geral do capitalismo no qual está organicamente inserido. Sua principal característica no atual contexto, se revela através do processo desordenado do avanço tecnológico nos países avançados, com seus reflexos nas economias periféricas, que combina o exponencial aumento da produtividade com a consequente geração massiva de desempregados estruturais.

Aborda também o papel reservado à chamada economia informal (no exemplo do tráfico de drogas) na geração de ocupação e renda para milhares de pessoas, especialmente nas regiões periurbanas; e, sobre a inexorável espiral repressiva sob a égide do Estado no atual estágio do capitalismo financeiro global.

Assista o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=98cccCY7H-A&feature=youtu.be

Entrevista conduzida por Ronaldo Parra. Comunicação Social. Especializado em Fotografia e Audiovisual


Imagem: revistaprincipios.com.br

Facebooktwittergoogle_plus